Lucro da EDP Renováveis cai 14%, para 69 mi euros

quarta-feira, 29 de julho de 2015 07:46 BRT
 

LISBOA (Reuters) - O lucro líquido da EDP Renováveis (EDPR.LS: Cotações) teve queda de 14 por cento, para 69 milhões de euros, no primeiro semestre, pressionado por maiores custos financeiros, apesar de uma alta de 11 por cento nas receitas e no Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização).

A quarta maior eólica do mundo em capacidade instalada informou que seu Ebitda subiu para 548 milhões de euros, refletindo o aumento das receitas.

A subsidiária da EDP (EDP.LS: Cotações) disse que "as receitas totalizaram 773 milhões de euros, beneficiadas pelo maior preço de venda (15 milhões de euros a mais do que no mesmo período do ano passado) e impactos cambiais (mais 62 milhões de euros, principalmente dólar norte-americano) que mitigaram o efeito negativo dos volumes de menos 1 milhão de euros."

A empresa já tinha anunciado, em 15 de julho, que a eletricidade produzida pela empresa caiu 1 por cento no primeiro semestre, penalizada por um menor fator de utilização e apesar da maior capacidade instalada na comparação anual.

No Brasil, o preço médio aumentou 7 por cento ano contra ano, impulsionado principalmente pela indexação à inflação.

(Por Shrikesh Laxmidas)