Peugeot supera metas de reestruturação, mas novos desafios se aproximam

quarta-feira, 29 de julho de 2015 10:14 BRT
 

PARIS (Reuters) - A PSA Peugeot Citroën recuperou-se e teve um lucro no primeiro semestre, disse a montadora francesa nesta quarta-feira, virando a página após três anos de prejuízos conforme o plano de recuperação liderado pelo presidente-executivo Carlos Tavares gera frutos.

Registrando 571 milhões de euros de lucro líquido, depois de um prejuízo de 114 milhões no mesmo período do ano passado, a Peugeot atingiu metas cruciais três anos antes do planejado, mas deu um alerta contra conclusões apressadas diante da desaceleração chinesa e outros obstáculos que se aproximam.

"Alcançamos todas as nossas metas mais rapidamente do que esperávamos", disse o vice-presidente financeiro, Jean-Baptiste de Chatillon, para jornalistas em teleconferência.

"Mas continuamos cautelosos pois este primeiro semestre se beneficiou de condições favoráveis e efeitos sazonais positivos", disse Chatillon. "Estamos cientes de que estamos diante de condições adversas no segundo semestre."

A receita no primeiro semestre subiu 6,9 por cento para 28,9 bilhões de euros, disse a companhia, auxiliada por melhoras prometidas nos preços de seus carros Peugeot e Citroën.

(Por Laurence Frost)