Boeing diz estar considerando mover algumas operações para o exterior dos EUA

quarta-feira, 29 de julho de 2015 14:52 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O presidente do Conselho da Boeing, Jim McNerney, disse nesta quarta-feira que a empresa está considerando ativamente mover "peças chave" da companhia para outros países dados os debates em andamento no Congresso dos Estados Unidos sobre o futuro do Export-Import Bank.

"Nós somos forçados agora a pensar sobre isso de maneira diferente", disse McNerney em entrevista, adicionando que a Boeing pode mudar algumas operações para países que ofereçam crédito para exportações.

"Estou começando a achar que talvez eu tenha tomado a decisão errada," disse McNerney, questionando sua decisão de manter a produção e empregos nos EUA dados os debates sobre o financiamento de exportações.

McNerney disse que estava mais preocupado do que nunca com o fato de que o Congresso dos EUA podem falhar em reautorizar o Ex-Im Bank, cuja licença expirou em 30 de junho.

O impasse do Congresso sobre o fundo de transportes dos EUA se aprofundou na segunda-feira, quando o republicano número 2 da casa disse que iria rejeitar o projeto de 350 bilhões de dólares em investimentos para estradas e transportes de massa em diversos anos, que iria reautorizar o banco.

(Por Andrea Shalal)