BCE diz que preços do petróleo reduzem inflação mas impulsionam crescimento

quinta-feira, 30 de julho de 2015 07:33 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A queda dos preços do petróleo vai continuar amparando a recuperação econômica da Europa mas também exerce pressão para baixo sobre a inflação, disse o Banco Central Europeu nesta quinta-feira, potencial dor de cabeça para o BCE, em um momento em que o banco tenta impulsionar os preços, atualmente em níveis anêmicos.

O BCE deu início a um programa de compras de ativos de 60 bilhões de euros por mês neste ano, com esperanças de afastar o risco de deflação na zona do euro e elevar a inflação de volta a sua meta, de pouco abaixo de 2 por cento.

Os preços só devem começar a subir no fim do ano, mas o BCE previu novas alta em 2016 e 2017, argumentando que as expectativas de inflação de longo prazo estão em linha com suas metas, apesar de níveis, apesar dos níveis atualmente baixos.

(Reportagem de Balazs Koranyi e Francesco Canepa)