Governo de São Paulo rescinde contrato com consórcio construtor de linha 4 do metrô

quinta-feira, 30 de julho de 2015 12:48 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo do Estado de São Paulo rescindiu contrato com o consórcio construtor de estações da linha 4 do metrô da capital paulista, informou a Secretaria de Transportes Metropolitanos nesta quinta-feira.

Segundo a secretaria, o contrato foi anulado por "falta de execução" de obras.

A construção de mais cinco estações da segunda fase do projeto da Linha 4, prevista para entrar em operação a partir do ano passado, estava a cargo da espanhola IsoluxCorsán-Corviam.

Representantes da companhia no Brasil não estavam disponíveis para comentar o assunto.

(Por Alberto Alerigi Jr.)