Cade aprova acordo de fornecimento de celulose de Klabin para Fibria

sexta-feira, 31 de julho de 2015 08:18 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições acordo para a comercialização pela Fibria da celulose produzida na nova fábrica da Klabin em Ortigueira (PR), segundo despacho publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial da União.

O contrato determina que a Fibria vai adquirir pelo menos 900 mil toneladas de celulose de fibra curta por ano produzidas na fábrica da Klabin, com início da operação previsto para 2016, nos seus quatro primeiros anos de vigência, com redução gradual do volume nos últimos dois anos.

Em documento, o Cade destacou que, como o contrato destina-se a vendas para fora do país, a Fibria e a Klabin ainda vão concorrer no mercado brasileiro.

"Não há nenhuma restrição à destinação da celulose produzida pela própria Fibria... Ademais, por previsão contratual, a Klabin poderá destinar o volume disponível para a empresa da planta de Ortigueira ao mercado brasileiro", afirmou o órgão.

O negócio foi anunciado no início de maio pelas empresas.

(Por Priscila Jordão)