BC russo corta taxa de juros em 0,5 p.p. preocupado com a desaleração da economia

sexta-feira, 31 de julho de 2015 11:22 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - O banco central da Rússia cortou sua taxa de juros em 0,5 ponto percentual para 11 por cento nesta sexta-feira, dizendo que os riscos de desaceleração econômica sobrepujam os riscos de inflação.

"O balanço de riscos se desloca para a considerável desaceleração econômica apesar de um ligeiro aumento dos riscos inflacionários", disse o banco em comunicado.

O banco também disse que uma severa e inesperada contração na demanda doméstica no primeiro semestre de 2015 significa que ele pode revisar para baixo sua previsão de produção. O banco projetou anteriormente uma contração de 3,2 por cento no Produto Interno Bruto do país para 2015.

Mas o BC removeu uma frase dizendo eu estava pronto para baixar mais os juros com uma queda da inflação no futuro. Alguns analistas interpretaram isso como um sinal de que pode ser mais cauteloso sobre cortes nas taxas de juros.

Analistas esperavam uma cautelosa redução de 0,5 ponto percentual do que um corte maior, pois uma queda recente do rublo ameaça reacender a inflação.

A inflação acelerou a 15,8 por cento, acima dos 15,3 por cento em junho.

O BC disse que a aceleração era resultado temporário dos aumentos de tarifas dos serviços públicos e que a inflação vai recuar a 7 por cento em julho de 2016 e a 4 por cento em 2017, cumprindo a meta do banco.

(Por Jason Bush e Alexander Winning)