Produção de petróleo na Rússia cai em julho

domingo, 2 de agosto de 2015 12:37 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A produção de petróleo na Rússia baixou para 10,65 milhões de barris por dia (bpd) em julho, ante 10,71 milhões de bpd em junho, caindo de picos na era pós-União Soviética mantidos desde março, mostraram dados do ministério de Energia neste domingo.

A queda foi principalmente devido a uma menor produção de condensado na Gazprom, incluído nas contagens de petróleo, segundo esses dados.

Em julho, a Gazprom parou unidades de uma planta de estabilização de gás condensado em Surgut para manutenção, de acordo com o ministério de Energia.

A produção russa manteve-se acima da registrada na Arábia Saudita, o maior exportador de petróleo do mundo e principal membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que tem bombeado uma média de 10,6 milhões de bpd, de acordo com uma pesquisa da Reuters.

A Rússia e a Opep têm evitado unir esforços para sustentar os preços do petróleo, que caíram pela metade desde o ano passado, para cerca de 52 dólares o barril. Nesta semana, a Opep indicou que manterá a política de defender sua participação no mercado.

A Rússia tem conseguido manter a produção de petróleo próxima de seus picos, apesar de preços baixos e sanções do Ocidente, graças ao rublo fraco.

(Por Katya Golubkova)