China congela conta do grupo Citadel em guerra contra especulação

segunda-feira, 3 de agosto de 2015 07:50 BRT
 

Por Nathaniel Taplin e Pete Sweeney

XANGAI (Reuters) - O órgão regulador dos mercados financeiros da China congelou uma conta ligada à Citadel Securities, uma unidade do grupo norte-americano que também controla o hedge fund Citadel LLC, em meio à batalha de Pequim contra especuladores mirando elevar os combalidos mercados acionários chineses.

O regulador, que havia declarado guerra contra posições vendidas "mal intencionadas", tem estado na linha de frente de uma campanha orquestrada pelo governo para evitar que as duas principais bolsas de valores do país, que desabaram cerca de 30 por cento desde meados de junho, derretam.

Os mercados de Xangai e Shenzhen fecharam em queda novamente nesta segunda-feira, pressionados por renovadas preocupações com a saúde da segunda maior economia do mundo.

O quadro econômico fraco tem intensificado o desafio enfrentado por Pequim para tentar restaurar a confiança de investidores em ações apesar de uma massiva campanha de compras pelo governo que já dura um mês.

Na semana passada, Pequim também voltou sua atenção para estratégias de negociação automáticas, suspeitando que alguns hedge funds estavam utilizando-as para distorcer o mercado e obter lucros.

O comunicado da Citadel não diz se a cota baseada em Shenzhen foi suspensa, mas uma fonte próxima do assunto disse que o regulador está investigando seu papel em causar volatilidade no mercado. O regulador não respondeu imediatamente a solicitação de comentário.