Lucro da editora Time bate estimativas com queda nos custos

terça-feira, 4 de agosto de 2015 14:25 BRT
 

(Reuters) - A editora da revista Time registrou lucro trimestral muito acima das expectativas do mercado, com custos menores mais que compensando a fraqueza nas vendas de anúncios em impressos.

A Time vem cortando custos, incluindo reduzindo seu quadro de funcionários para combater a queda nas vendas de anúncios em seus negócios de impressos, que incluem as revistas People, Sports Illustrated e Time, à medida que cada vez mais empresas buscam fazer anúncios online.

A receita com anúncios impressos caiu 11 por cento, enquanto a receita com serviços digitais cresceu 4 por cento.

A companhia disse que os custos editoriais e de produção caíram 10 por cento no segundo trimestre, auxiliados em parte pelo dólar valorizado.

A companhia teve lucro líquido de 24 milhões de dólares, ou 0,22 dólar por ação, ante prejuízo líquido de 32 milhões, ou 0,30 dólar por papel, no mesmo período do ano passado.

Excluindo itens, a Time teve lucro de 0,27 dólar por papel. A receita total caiu 5,7 por cento para 773 milhões.

Analistas esperavam em média lucro de 0,15 dólar por ação e receita de 758 milhões, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Abhirup Roy e Sai Sachin R)