Kellogg vai parar de usar produtos artificiais em cereais e lanches

terça-feira, 4 de agosto de 2015 16:06 BRT
 

(Reuters) - Os cereais Corn Flakes e Rice Krispies da Kellogg estão prontos para se tornarem totalmente naturais em breve.

A empresa de 109 anos, cujos cereais têm sido uma popular escolha de café da manhã por décadas, disse nesta terça-feira que tem como objetivo parar de utilizar corantes e sabores artificiais em suas marcas de cereais e lanches até o fim de 2018.

A maior fabricante de cereal para café da manhã do mundo é a mais recente de uma série de empresas alimentícias norte-americanas a se curvar à crescente pressão para remover ingredientes sintéticos dos produtos devido a preocupações com a saúde.

A companhia disse que 75 por cento que seus cereais na América do Norte estão sendo produzidos sem corantes artificiais e mais da metade sem sabores artificiais.

A General Mills, fabricante do cereal Cheerios, disse em junho que planeja ter 90 por cento de seus cereais livres de corantes e sabores artificiais em 2016, ante cerca de 60 por cento atualmente.

As vendas em ambas as empresas encolheram nos EUA por causa da crescente preferência por alimentos menos processados e refeições cozidas.

(Por Sruthi Ramakrishnan)