Wall St fecha em queda por receio com juros e recuo da Apple

terça-feira, 4 de agosto de 2015 18:16 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em queda pela terceira sessão seguida nesta terça-feira, com os investidores preocupados com o aumento na taxa de juros nos EUA e com as ações da Apple atingindo a mínima em mais de seis meses.

O índice Dow Jones caiu 0,27 por cento, a 17.550 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,22 por cento, a 2.093 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,19 por cento, a 5.105 pontos.

As ações da Apple caíram 3,21 por cento, a 114,64 dólares, muito abaixo da média móvel diária de 200 dias, um patamar técnico acompanhado de perto por operadores. Os papéis foram a principal influência negativa nos três índices acionários.

A desaceleração na China e ceticismo sobre demanda por iPhones contribuíram para pressionar as ações da Apple, segundo operadores.

O mercado acionário ampliou as perdas depois que o presidente do Federal Reserve de Atlanta, Dennis Lockhart, disse ao Wall Street Journal que setembro pode ser o momento certo para o Fed elevar a taxa de juros.

"O mercado está recebendo retóricas tão mistas do Fed, parece que o Fed não tem certeza do que vai fazer", disse diretor de investimento da BMO Private Bank, Jack Ablin.