Equipe do FMI pede calma para incluir iuan a cesta de divisas

quarta-feira, 5 de agosto de 2015 07:50 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional deveria esperar até depois de setembro de 2016 para tomar qualquer ação para incluir o iuan a sua cesta de divisas, disse a equipe do FMI em relatório que mostrou desempenho misto do renmibi no cumprimento de certas normas financeiras.

O relatório, publicado na terça-feira, vem após Pequim lançar um forte esforço diplomático para que o iuan seja incluído à cesta de divisas do FMI como parte de sua meta estratégica de longo prazo de reduzir a dependência do dólar.

O conselho do FMI deve tomar uma decisão em novembro sobre incluir ou não o iuan em uma cesta de divisas composta por dólares, euros, libras e ienes, mas a decisão poderia ser adiada se autoridades decidirem que precisam de mais informação.

Postergar qualquer mudança na cesta por nove meses até setembro de 2016 evitaria afetar os negócios nos mercados financeiros no primeiro dia do ano novo, disse o relatório. Uma autoridade sênior do FMI disse que gestores de ativos precisariam de um aviso de cerca de seis meses para se ajustar a uma mudança.

O iuan, também conhecido como renmibi, atende aos requisitos para ser classificado como uma moeda significativa em termos de comércio internacional, mas também precisa ser avaliada como "livremente utilizada" ou amplamente utilizada para fazer pagamentos internacionais e prontamente negociada em mercados de câmbio.

(Reportagemd e David Chance e Krista Hughes)