Nasdaq e S&P 500 sobem impulsionados por tecnologia; Disney pesa no Dow Jones

quarta-feira, 5 de agosto de 2015 18:18 BRT
 

Por Rodrigo Campos

(Reuters) - O S&P 500 e o Nasdaq subiram nesta quarta-feira após três sessões de queda, conforme as ações ligadas a tecnologia avançaram, enquanto o Dow Jones terminou com leve queda, influenciado pela maior perda diária em sete anos das ações da Disney.

O índice Dow Jones caiu 0,06 por cento, a 17.540 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,31 por cento, a 2.099 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,67 por cento, aos 5.139 pontos.

Ganhos das grandes empresas de tecnologia Google e Facebook lideraram o avanço do Nasdaq. O índice de tecnologia do S&P 500 subiu 1 por cento, o melhor desempenho diário em três semanas.

"Houve uma rotação de setor para o de tecnologia por causa da melhora nas expectativas de lucros", disse o gestor de carteira da Stifel, Nicolaus & Co, Chad Morganlander.

A expectativa é que os lucros no setor de tecnologia do S&P 500 tenham crescido 5,3 por cento no segundo trimestre, acima da alta de 2,1 por cento esperada em 1º de julho, segundo dado mais recente da Thomson Reuters I/B/E/S.

No entanto, o ganho do mercado é "uma retomada modesta após pressão perceptível ao longo das últimas sessões", disse Morganlander. Ele citou a desaceleração na economia chinesa um fator negativo para as ações, especificamente para os setores de commodities.

As ações da Disney caíram 9,2 por cento, a 110,53 dólares, a maior queda diária desde 1º de dezembro de 2008, após a empresa cortar a projeção de lucro para a unidade a cabo.

O crescimento de vagas no setor privado dos EUA desacelerou em julho, mas o avanço do setor de serviços para a máxima em quase uma década sugeriu ímpeto sólido da economia, o que favorece a possibilidade de o Federal Reserve elevar os juros ainda este ano. O dado do mercado de trabalho que será divulgado na sexta-feira é crucial para operadores que tentam antecipar o próximo passo do Fed.