Lucro da Rio Tinto despenca com queda nos preços de metais

quinta-feira, 6 de agosto de 2015 08:49 BRT
 

SYDNEY (Reuters) - A mineradora global Rio Tinto divulgou nesta quinta-feira lucro substancialmente menor para o primeiro semestre por conta dos preços em baixa dos metais e prometeu um corte de custos de 1 bilhão de dólares neste ano.

A divisão de minério de ferro da companhia foi particularmente afetada, com o lucro recorrente do segmento despencando 55 por cento no primeiro semestre ante o mesmo período do ano passado, apesar de uma redução dramática no indicador de quanto a empresa gasta para minerar cada tonelada.

O presidente-executivo da Rio Tinto, Sam Walsh, chamou os resultados de "robustos" à luz das condições operacionais, mas alertou que a companhia está enfrentando agora reduções de preços em quase todas as commodities que produz.

A meta de redução nos gastos de capital foi estabelecida em 1 bilhão de dólares neste ano, ante 750 milhões de dólares anteriormente, para ajudar a compensar as condições fracas, disse Walsh em teleconferência com a imprensa.

Apesar da projeção sombria, a Rio elevou seu dividendo interino em 12 por cento, para 1,075 dólar por ação, atendo-se à política do Conselho.

O lucro líquido da mineradora despencou 82 por cento, para 806 milhões de dólares, nos seis meses até 30 de junho, enquanto o lucro recorrente, que desconsidera o impacto de baixas contábeis extraordinárias, caiu 43 por cento, para 2,9 bilhões de dólares, em linha ou levemente acima da maior parte das previsões de analistas.

(Por James Regan)