Braskem tem lucro de R$1 bi no 2o trimestre

quinta-feira, 6 de agosto de 2015 10:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A petroquímica Braskem encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de 1,05 bilhão de reais, forte aumento ante o resultado positivo de 124 milhões de reais obtido um ano antes e apoiado em ganhos cambiais e crescimento da receita.

A empresa apurou geração de caixa medida pelo lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 2,61 bilhões de reais de abril a junho, mais que o dobro ante o 1,13 bilhão no mesmo período de 2014.

A Braskem afirmou que o resultado foi "positivamente influenciado pelo bom desempenho operacional do trimestre e pela adoção da contabilidade de hedge, que melhor traduz os efeitos da variação cambial dos passivos em dólar no resultado companhia".

O resultado foi divulgado depois da prisão do ex-presidente do Conselho da Braskem Marcelo Odebrecht no fim de junho, sob acusação de envolvimento no escândalo da Petrobras, alvo da Operação Lava Jato que investiga corrupção em contratos da petroleira.

A Braskem teve receita líquida de 11,6 bilhões de reais no segundo trimestre, um crescimento de 7 por cento sobre resultado obtido um ano antes. O custo dos produtos vendidos caiu no período 8 por cento, a 8,8 bilhões de reais.

As ações da companhia exibiam alta de mais de 5 por cento às 10h20, enquanto o Ibovespa tinha desvalorização de 0,9 por cento.

A petroquímica terminou o trimestre passado com dívida líquida de 18,2 bilhões de reais, com nível de alavancagem medida pela dívida líquida sobre Ebitda de 2,59 vezes em reais e de 2,27 vezes em dólares. Um ano antes, a alavancagem era de 2,62 vezes em reais e 2,73 vezes em dólares.

(Por Alberto Alerigi Jr.)