Ações europeias recuam por resultados corporativos fracos

quinta-feira, 6 de agosto de 2015 14:33 BRT
 

(Reuters) - Os índices europeus caíram nesta quinta-feira, com resultados corporativos fracos pesando sobre a empresa de enzimas Novozymes e o Deutsche Post, mesmo com os papéis britânicos tendo um desempenho melhor devido a menor preocupação com a alta dos juros.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 recuou 0,77 por cento, a 1.589 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 fechou em queda de 0,23 por cento, a 3.668 pontos.

As ações da Novozymes despencaram 13 por cento depois de divulgar os resultados do segundo trimestre abaixo das expectativas. Os papéis da Deutsche Post caíram 3,64 por cento, após a empresa reduzir as previsões de lucro.

Os preços baixos do petróleo também pesaram sobre os papéis de energia.

Entretanto, a companhia financeira belga KBC subiu 3 por cento após divulgar lucros maiores. A resseguradora Munich Re subiu 1,5 por cento, com melhoras nas perspectivas.

"Mantemos nossa visão mais favorável sobre as ações europeias", disse o diretor de investimentos da Octopus, Oliver Wallin, em comunicado aos clientes. "Entretanto, nós reduzimos as participações europeias em julho enquanto aguardamos oportunidades para comprar de volta no mercado quanto a situação na Grécia se tornar clara."

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,08 por cento, a 6.747 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,44 por cento, a 11.585 pontos.   Continuação...