Wall Street cai após dado do mercado de trabalho dos EUA apoiar alta de juros em setembro

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 18:01 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em queda nesta sexta-feira, após o dado de sólido crescimento no mercado de trabalho em julho abrir mais a porta para um aumento dos juros na maior economia do mundo em setembro.

O índice Dow Jones caiu 0,27 por cento, a 17.373 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,29 por cento, a 2.077 pontos. O índice Nasdaq perdeu 0,26 por cento, a 5.043 pontos.

No mês passado, foram abertas 215 mil vagas nos EUA, abaixo da previsão de 223 mil postos de trabalho segundo economistas, mas a taxa de desemprego permaneceu na mínima em sete anos de 5,3 por cento.

As taxas de juros futuros dos EUA subiram após os dados do mercado de trabalho, indicando que os operadores agora vêem uma chance de 52 por cento de que a taxa de juros será elevada em setembro, não em dezembro, acima dos 47 por cento antes do dado, de acordo com o chefe de estratégia multimercados da RBS Securities, John Briggs.

"É o bastante para manter o Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA) na trajetória de elevar o juro em setembro, mas não é o suficiente para encerrar o debate", disse Briggs.

Nesta sessão, sete dos dez principais índices setoriais do S&P 500 fecharam em queda, com o de energia caindo 1,86 por cento e liderando as baixas, conforme os preços do petróleo fecharam em queda pela sexta semana.

Na semana, o Dow Jones caiu 1,8 por cento, o S&P 500 recuou 1,2 por cento e o Nasdaq perdeu 1,7 por cento.