Novo jato executivo da Embraer será entregue por fábrica nos EUA em 2016

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 21:09 BRT
 

Por Brad Haynes

SÃO PAULO (Reuters) - A Embraer afirmou nesta sexta-feira que o primeiro jato Legacy 450 da fábrica de Melbourne, nos Estados Unidos, será entregue em dezembro de 2016, enquanto que a companhia migra a produção de aviões corporativos para lá apostando no mercado norte-americano.

O diretor de Aviação Executiva da Embraer, Marco Túlio Pellegrini, disse em entrevista que o novo Legacy 450 dará à companhia mais exposição ao mercado da América do Norte, com expectativas de que a região compre metade dos novos jatos corporativos na próxima década.

"O movimento para Melbourne é uma decisão estratégica para estar no maior mercado de aviação executiva do mundo", disse Pellegrini.

A decisão provocou reação do sindicato dos metalúrgicos em São José dos Campos, onde a Embraer está baseada. O sindicato disse que os comentários de Pellegrini à Reuters contradizem as promessas feitas pela companhia.

A Embraer respondeu em comunicado que a produção do Legacy na unidade de Melbourne faz parte de seus planos públicos desde 2013, acrescentando que o equilíbrio produtivo entre a Flórida e o Brasil dependerá das condições do mercado.

O sindicato fará uma assembleia na semana que vem e pretende protestar contra a produção do Legacy 450 e 500 nos Estados Unidos, disse o vice-presidente do sindicato, Herbert Claros da Silva.

Pellegrini afirmou em entrevista coletiva mais tarde nesta sexta-feira que a companhia espera que o Legacy 450, que possui de sete a nove assentos, seja o líder de vendas no mercado "mid-light".

(Reportagem adicional de Asher Levine)