AES Eletropaulo reverte prejuízo e tem lucro líquido de R$48,5 mi no 2º tri

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 21:28 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Impulsionada por dois reajustes tarifários, a distribuidora de energia elétrica AES Eletropaulo, do Grupo AES, registrou lucro líquido de 48,5 milhões de reais no segundo trimestre, revertendo um prejuízo de 354,4 milhões de reais no mesmo período do ano passado.

O resultado foi puxado pelo aumento de receita decorrente da elevação das tarifas da concessionária, pela redução no nível de perdas de energia e por vendas, no mercado de curto prazo, de excedentes de energia elétrica contratada.

O lucro líquido ficou acima dos ganhos de 40,4 milhões de reais projetados por analistas consultados pela Reuters.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização ficou em 217 milhões de reais, ante um Ebitda negativo de 382,7 milhões de reais no mesmo período em 2014.

A receita operacional líquida da AES Eletropaulo foi de 3,4 bilhões de reais no segundo trimestre, com alta de 55,8 por cento frente ao ano anterior devido, principalmente, às elevações tarifárias permitidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica, que resultaram em aumento de 1,57 bilhões de reais na receita.

Além disso, a empresa teve 719,1 milhões de reais reconhecidos como ativo regulatório, um montante que inclui 276,7 milhões de reais arrecadados pela cobrança das bandeiras tarifárias.

Já a venda de energia sobrecontratada resultou em receita de 49,2 milhões de reais.

Os custos e despesas operacionais totalizaram 3 bilhões de reais, com aumento de 27 por cento, principalmente em função de custos 16,6 por cento maiores com a compra de energia e um aumento de 822,4 por cento nos custos de transmissão.

A dívida líquida da AES Eletropaulo totalizou 3,8 bilhões de reais ao fim do trimestre, aumento de 3 por cento ante 2014, enquanto as disponibilidades de caixa subiram 481,9 milhões de reais, para 736,5 milhões de reais.   Continuação...