Filnândia pode ficar fora de novo acordo com a Grécia, diz chanceler

sábado, 8 de agosto de 2015 17:13 BRT
 

TURKU (Reuters) - A Finlândia pode ficar fora do terceiro pacote de ajuda financeira à Grécia, afirmou neste sábado o ministro das Relações Exteriores do país, Timo Soini.

A Finlândia tem sido um dos países mais linha-dura contra o terceiro pacote à Grécia, e ficou mais ainda em maio, quando a legenda de Soini, Partido dos Finlandeses, antigamente conhecido como Verdadeiros Finlandeses, juntou-se a uma nova coalizão de centro-direita.

“Claro que podemos ficar fora”, disse Soini à Reuters nos bastidores do congresso de seu partido. “Estamos mesmo sem paciência. Nosso governo tem uma polícia muito rígida quanto a isso. Não aceitaremos aumentar a exposição da Finlândia, ou um corte na dívida grega.”

“Se votarmos contra o acordo, ele vai para o regime de emergência, e um pacote será implementado sem o nosso apoio”, disse Soini, referindo-se a uma cláusula que permite acordos sem unanimidade.

(Reportagem de Jussi Rosendahl)