Grécia e credores definem em zero meta de superávit primário para 2015, diz fonte

segunda-feira, 10 de agosto de 2015 07:55 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A Grécia e seus credores internacionais definiram a meta da economia para pagamento de juros em 0 por cento neste ano e estimam que o Produto Interno Bruto (PIB) contrairá 2,1 a 2,3 por cento, disse à Reuters nesta segunda-feira uma autoridade do governo grego.

"A meta de superávit primário para este ano será zero, e a estimativa é de recessão de entre 2,1 e 2,3 por cento para 2015, caso nada mude até a conclusão do acordo (de resgate)", disse a autoridade grega, falando sob condição de anonimato.

A Grécia e representantes das instituições da UE e o Fundo Monetário Internacional (FMI) discutiam nesta segunda-feira os detalhes finais do resgate de até 86 bilhões de euros para manter o país endividado à tona e assegurar sua posição como país-membro da zona do euro.

(Por Lefteris Papadimas)