Importações chinesas de soja em 2014/15 devem ser recordes, diz grupo de pesquisa

segunda-feira, 10 de agosto de 2015 12:27 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - É provável que a China, maior compradora mundial de soja, tenha importação recorde de 76 milhões de toneladas no ano encerrado em setembro, 8 por cento acima do período anterior, de acordo com a última estimativa de um organismo de pesquisa oficial.

A previsão do centro nacional de informação de óleos e grãos da China (CNGOIC, na sigla em inglês) supera em 2 milhões de toneladas a projeção do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) para o ano comercial corrente.

O CNGOIC atribuiu o crescimento ao aumento da demanda por farelo de soja, ingrediente rico em proteínas para alimentação animal, enquanto uma expansão na capacidade doméstica de processamento também aumentou a necessidade por maiores importações.

O maior uso de soja importada pelo setor alimentício também foi um fator, disse.

Em julho, as importações de soja atingiram um recorde mensal de 9,5 milhões de toneladas, aumento de 17,4 por cento em comparação com junho, influenciado por suprimentos mais baratos da América do Sul, de acordo com dados alfandegários.

O CNGOIC espera um total de importações de agosto a setembro de 13 milhões de toneladas, ante 11,06 milhões de toneladas nos dois meses do ano anterior.

(Por Niu Shuping e David Stanway)