AES e Grupo Bal vão investir até US$2,5 bi no setor de energia do México

segunda-feira, 10 de agosto de 2015 16:23 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A norte-americana AES e o Grupo Bal fecharam nesta segunda-feira uma parceria para investir até 2,5 bilhões de dólares no México nos próximos cinco anos no setor elétrico do país, recém-aberto para investidores privados, disse um alto executivo da AES em entrevista.

A joint venture entre as duas empresas, na qual cada uma possuirá 50 por cento, pretende direcionar cerca de três quartos do plano de investimentos para a geração de energia elétrica por fontes convencionais e renováveis, incluindo usinas eólicas e solares.

"Em termos de escala, a ideia é aumentar nosso portfólio nos próximos cinco anos em ao menos 2 gigawatts, com um investimento estimado de entre 2 bilhões e 2,5 bilhões de dólares", disse o chefe da unidade mexicana da AES, Juan Ignacio Rubiolo.

A AES, que tem operações em 18 países, será a responsável por operar as usinas construídas pela parceria.

Já o Grupo Bal pertence ao bilionário Alberto Bailleres, um dos homens mais ricos do México, e anunciou em fevereiro a criação de uma subsidiária de exploração e produção de petróleo, a Petrobal.

A joint venture entre AES e Grupo Bal buscará aproveitar a histórica abertura do setor de energia do México, finalizada no último ano, que permitiu investimentos de empresas privadas em petróleo pela primeira vez em décadas e abriu totalmente o setor elétrico para investimentos privados.

(Por David Alire Garcia)