Câmbio pressiona geração de fluxo de caixa da Petrobras, diz Fitch

segunda-feira, 10 de agosto de 2015 18:30 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch afirmou nesta segunda-feira que a depreciação do real ante o dólar deverá pressionar a geração de fluxo de caixa da Petrobras, na ausência de um reajuste dos preços de combustíveis.

"Embora a companhia tenha reportado um fluxo de caixa livre positivo no primeiro semestre, o fluxo deve ficar negativo durante o segundo, com os fluxos das operações ficando menores na atual taxa de câmbio", disse a agência, lembrando ainda que o investimento será maior para alcançar o total planejado de 28 bilhões de dólares no ano.

(RS AAP)