BR Properties fecha acordo com Brookfield para venda de ativos no Rio e São Paulo

terça-feira, 11 de agosto de 2015 11:01 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de gestão de ativos imobiliários BR Properties firmou com a Brookfield quatro compromissos de compra e venda de imóveis e um contrato de compra e venda de ações para a venda de ativos imobiliários nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo e de participação societária por cerca de 2,079 bilhões de reais.

O acordo inclui uma dedução do valor da operação de dívidas de aproximadamente 800 milhões de reais, que serão assumidas pelo comprador, disse a BR Properties.

A companhia acrescentou que pretende utilizar os recursos da venda dos ativos para a Brookfield para pagamento de dividendos aos acionistas e reduzir sua dívida líquida.

As ações da BR Properties subiam cerca de 4 por cento na Bovespa na esteira do anúncio, diante de baixa de 1 por cento do Ibovespa. O acordo vem após o Fundo de Investimento em Participações Bridge, veículo utilizado por um fundo da BTG Investments, parte do Grupo BTG Pactual, e pela Brookfield BR7, ter desistido de oferta pública de aquisição (OPA) para comprar o controle da BR Properties.

Com a desistência do fundo em prosseguir com a OPA, o Conselho de Administração da BR Properties havia decidido autorizar a diretoria da empresa a analisar e negociar propostas para alienação direta de ativos, "inclusive dando seguimento às tratativas com a Brookfield quanto à negociação para a potencial venda de ativos".

O presidente da empresa, Claudio Bruno, afirmou no início do mês durante teleconferência com analistas que a BR Properties está focando em venda de ativos como forma de gerar maiores ganhos aos acionistas em um momento em que a conjuntura entre os locatários se mostra negativa.