BB Seguridade espera crescimento menor em prêmios de seguro de vida e agronegócio

terça-feira, 11 de agosto de 2015 12:37 BRT
 

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - A BB Seguridade cortou estimativa para crescimento da receita em seguros de vida e rural, em um sinal de que a expansão da seguradora mais lucrativa do Brasil está se aproximando do desempenho do setor em um ambiente de retração da economia.

A companhia, que reúne os negócios do Banco do Brasil em seguros e previdência, reduziu a expectativa de crescimento dos prêmios emitidos neste ano no segmento SH1, o mais importante da BB Seguridade e que reúne produtos de vida e para o agronegócio.

A expectativa passou de alta de 15 a 21 por cento para alta de 5 a 8 por cento, após retração de 8 por cento no primeiro semestre sobre o mesmo período do ano passado.

Penetração maior de seguros entre os consumidores e subsídios menores para o setor agrícola pesaram sobre o segmento SH1, que é responsável por 28 por cento do lucro da BB Seguridade.

"Ainda temos espaço para manter em dois dígitos o ritmo de crescimento de volumes", afirmou o presidente-executivo da BB Seguridade, Marcelo Labuto, após a companhia divulgar que encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de 1,215 bilhão de reais, alta de cerca de 44 por cento sobre o resultado positivo obtido um ano antes.

As ações da BB Seguridade exibiam queda de 1 por cento às 12h20, enquanto o Ibovespa tinha recuo de 1,7 por cento.

Labuto acrescentou que a companhia espera crescimento do lucro recorrente neste ano no topo da faixa de previsões de expansão de 12 a 21 por cento.

Em termos ajustados, a BB Seguridade teve lucro líquido de 994,6 milhões de reais de abril a junho, crescimento de 17,7 por cento sobre o segundo trimestre de 2014.   Continuação...