Moody's mantém ratings da Petrobras após rebaixamento da nota soberana do Brasil

terça-feira, 11 de agosto de 2015 20:55 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's manteve nesta terça-feira os ratings da Petrobras, incluindo o rating de dívida Ba2, com perspectiva estável, após rebaixar a nota soberana do Brasil em um degrau.

"A afirmação dos ratings da Petrobras reflete a crença da Moody's que a probabilidade de apoio do governo do Brasil (à estatal) não foi significativamente alterado, apesar do rebaixamento da classificação do governo", disse a Moody's.

Nesta terça-feira, a Moody's rebaixou o rating soberano do Brasil de "Baa2" para "Baa3", última nota dentro da faixa considerada como grau de investimento, mas alterou a perspectiva da nota para "estável" ante "negativa", sinalizando que o selo de bom pagador do país deve ser mantido no curto prazo.

A Moody's já tirou o grau de investimento da Petrobras, devido a problemas enfrentados pela estatal em decorrência da operação Lava Jato da Política Federal, que investiga um bilionário esquema de corrupção.