Ministério do Comércio da China diz que depreciação do iuan estimulará exportações

quarta-feira, 12 de agosto de 2015 07:34 BRT
 

PEQUIM/XANGAI (Reuters) - Uma autoridade sênior do Ministério do Comércio da China disse nesta quarta-feira que a depreciação do iuan vai impulsionar as exportações da China.

"O ajuste à taxa de câmbio do iuan, especialmente o movimento para baixo, vai ter algum impacto de estímulo sobre as exportações", disse o vice-diretor do escritório de promoção de investimento do Ministério do Comércio, Zhang Yuzhong, em entrevista à imprensa.

O iuan atingiu a mínima em quatro anos nesta quarta-feira, recuando novamente um dia após autoridades chocarem os mercados financeiros globais ao desvalorizá-lo em quase 2 por cento.

A manobra foi classificada como uma reforma de livre mercado mas alguns suspeitam que pode ser parte de uma depreciação engendrada da taxa de câmbio no longo prazo com o objetivo de estimular exportações.

As exportações chinesas registraram uma surpreendente queda em julho, caindo 8,3 por cento por conta da demanda fraca na Europa e no Japão.

(Reportagem de Shao Xiaoyi e Pete Sweeney)