Wall Street fecha quase estável após rali no fim do pregão

quarta-feira, 12 de agosto de 2015 18:09 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos se recuperaram na parte da tarde e fecharam perto da estabilidade nesta quarta-feria, com a melhora do desempenho de ações de energia e da Apple ofuscando o contínuo temor com a desaceleração da China.

O índice Dow Jones fechou sem variação ante o pregão de terça-feira, aos 17.402 pontos. O S&P 500 teve oscilação positiva de 0,1 por cento, a 2.086 pontos, e o indicador de tecnologia Nasdaq subiu 0,15 por cento, a 5.044 pontos.

Investidores compraram ações de empresas de energia, que têm sido derrubadas pelos temores sobre a China junto com os preços de commodities nas últimas semanas. O subíndice de energia do S&P avançou 1,9 por cento, sendo a maior influência positiva para o S&P 500.

A ação da Apple, empresa que tem na China um mercado fundamental, reverteu perdas iniciais que superaram 3 por cento para o seu menor nível desde janeiro. O papel da companhia fechou em alta de 1,5 por cento, a 115,24 dólares, e foi a maior ajuda positiva para os três principais índices acionários de Wall Street.