Alemanha está aberta a alívio da dívida grega, mas não a corte, diz vice-ministro

quinta-feira, 13 de agosto de 2015 11:54 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O vice-ministro das Finanças da Alemanha, Jens Spahn, disse a uma rádio alemã nesta quinta-feira que o país está disposto a discutir um alívio da dívida da Grécia, como estender o prazo dos empréstimos ou relaxar os termos, mas uma redução do valor do passivo está fora de questão.

"(Uma redução do valor da dívida) não é legal... mas sob o termo alívio da dívida você também pode discutir prazos, ter um período sem fazer pagamento de juros ou desembolso e podemos discutir isso, como sempre dissemos", disse Spahn à Deutschlandfunk.

 
Vice-ministro das Finanças da Alemanha, Jens Spahn, durante discurso em Colônia.  09/12/2014      REUTERS/Kai Pfaffenbach