Vale diz que vazamento em usina de Copper Cliff no Canadá foi contido

quinta-feira, 13 de agosto de 2015 10:35 BRT
 

TORONTO (Reuters) - A mineradora Vale disse nesta quinta-feira que o vazamento de dióxido de nitrogênio em sua usina de cobre Copper Cliff, em Sudbury, no Canadá, foi contido e que o incidente não teve feridos.

Uma porta-voz da Vale disse que o incidente não terá impacto na produção já que o vazamento ocorreu justamente quando a Vale estava dando início a um desligamento para manutenção programada na usina de níquel.

"Parece neste momento que pode estar relacionado a alguma parte do trabalho de desligamento que estava sendo realizado", disse a porta-voz para a Vale no Canadá Cory McPhee. "Até que possamos investigar mais, não posso dizer com qualquer grau de certeza".

A Vale havia inicialmente declarado uma emergência de nível 3 no local, mas já recuou o para nível 2, o que significa que agora afeta apenas a planta e que é seguro para que moradores da área saiam de casa, disse McPhee.

A emissora CBC disse mais cedo que uma fumaça amarela podia ser vista acima do complexo da Vale, e que carros estavam sendo direcionados para longe da usina.

"A nuvem está se dissipando. Os níveis que registramos durante o evento eram muito baixos", disse McPhee, acrescentando que a Vale não recebeu relatos de qualquer efeito adverso fora da usina.

A Vale, por meio da assessoria de imprensa no Brasil, disse que não poderia comentar o assunto imediatamente.

(Por Euan Rocha e Allison Martell)

 
Sede da Vale, no centro do Rio de Janeiro.    21/08/2014    REUTERS/Pilar Olivares