Zona do euro tem crescimento abaixo do esperado no 2º trimestre

sexta-feira, 14 de agosto de 2015 07:54 BRT
 

Por Robert-Jan Bartunek

BRUXELAS (Reuters) - A economia da zona do euro cresceu menos que o esperado no segundo trimestre, informou a agência de estatísticas da União Europeia em sua primeira estimativa, publicada nesta sexta-feira.

A Eurostat informou que o Produto Interno Bruto (PIB) na zona do euro, que abrange 19 países, cresceu 0,3 por cento na comparação trimestral no período de abril a junho e expandiu 1,2 por cento na comparação anual.

Economistas consultados pela Reuters esperavam crescimento trimestral de 0,4 por cento e avanço de 1,3 por cento na base anual.

"Olhando para frente, as pesquisas empresariais sugerem que a economia da zona do euro continuará a expandir, impulsionada pelo forte crescimento na Espanha e pela solidez da economia alemã. Mas elas oferecem pouca esperança de que a recuperação ganhará ritmo", disse a Capital Economics em nota.

"Acreditamos que é mais provável que o crescimento na região como um todo vai desacelerar mais na segunda metade do ano".

Outros dados também confirmaram que a inflação anual foi de 0,2 por cento em julho, estável ante junho, mas ainda longe da meta de quase 2 por cento buscada pelo Banco Central Europeu, que tem tentado elevar a alta dos preços com o programa de impressão maciça de dinheiro.

 
Bandeiras da União Europeia vistas em Bruxelas.   04/07/2015   REUTERS/Francois Lenoir