Candidato a Presidência da Argentina defende controle de taxa de câmbio pelo BC

sábado, 15 de agosto de 2015 14:24 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O candidato à Presidência do partido do governo da Argentina, Daniel Scioli, defendeu neste sábado o controle da taxa de câmbio pelo banco central dizendo que isso é necessário para evitar volatilidade cambial.

As declarações de Scioli vêm dois dias após seu principal rival dizer que permitirá que o peso flutue livremente e também receberia bem a renúncia do presidente do banco central.

"Minha visão é que temos de continuar administrando a taxa de câmbio e preservar a estabilidade da moeda e financeira para que o projeto de desenvolvimento tenha continuidade", disse Scioli à Radio Mitre.

"Em qualquer país civilizado, os bancos centrais intervêm na moeda", disse Scioli, que tem prometido mudança gradual após oito anos de governos de esquerda.