Chuvas favorecem lavouras de soja e milho da Dakota do Sul, aponta expedição

segunda-feira, 17 de agosto de 2015 16:33 BRT
 

YANKTON, Estados Unidos (Reuters) - Lavouras de milho e soja têm potencial de produzir bem acima dos níveis médios no sudeste da Dakota do Sul, com as plantações se beneficiando das chuvas dos últimos dias, disseram nesta segunda-feira analistas de uma expedição técnica anual.

Um grupo da expedição Pro Farmer Midwest Crop Tour, que está viajando nos condados de Lincoln, Turner, Hutchinson e Yankton, na Dakota do Sul, mediram a produtividade do milho em quatro paradas, com uma média de 157,4 bushels por acre (bpa), comparadas com os 159,45 bpa da área no ano passado e a média de três anos de 125,16 bpa.

Observadores da rota, uma das 23 em toda a viagem, mediram 1.496,75 vagens de soja em um quadrado de 3 pés por 3 pés, em média, das quatro paradas.

A turnê do ano passando mediu 1.177,85 vagens no distrito, superando a média de três anos da viagem, de 897,16 vagens.

"Parece que (a safra) pode terminar bem forte. Eu não vejo nada que indique que (a safra de milho) não será um recorde na Dakota do Sul," disse o agricultor Kurt Line, de Indiana, um observador da turnê.

(Por Rod Nickel)