China investiga chefe de órgão regulador de segurança do trabalho após explosões em Tianjin

terça-feira, 18 de agosto de 2015 08:45 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China está investigando o chefe de seu órgão regulador de segurança no trabalho, informou a vigilância anticorrupção do Partido Comunista nesta terça-feira, após uma explosão matar mais de 100 pessoas na cidade portuária de Tianjin na semana passada.

Yang Dongliang, chefe da Administração Estatal de Segurança do Trabalho, está "atualmente sob investigação" por supostas violações disciplinares e legais do partido, informou a Comissão Central para Inspeção Disciplinar em nota em seu site.

A comissão não deu mais detalhes ou mencionou as explosões em Tianjin. Não foi possível alcançar Yang para comentários.

A Administração Estatal de Segurança do Trabalho é um dos muitos órgãos do governo que regulam companhias que operam com materiais perigosos.

(Reportagem de Sui-Lee Wee e Michael Martina)

 
Bombeiros em meio a destroços após explosões em Tianjin, na China.   16/08/2015   REUTERS/China Daily