Hyundai substitui executivos na China após queda nas vendas

terça-feira, 18 de agosto de 2015 20:35 BRT
 

SEUL (Reuters) - A Hyundai Motor e a empresa irmã Kia Motors substituíram três executivos na China, disse a montadora sul-coreana nesta terça-feira, após as vendas derraparem no país, o maior mercado do grupo.

A Hyundai e a Kia, que juntas são a quinta maior montadora do mundo em número de vendas, viram suas vendas de julho na China caírem 32 por cento e 33 por cento, respectivamente, ante o ano anterior.

As exportações da Hyundai para a China, o maior mercado automotivo do mundo, caíram 14 por cento no segundo trimestre, pressionando os resultados do período.

O grupo disse que Lee Byung-ho, foi eleito para o posto de líder da principal joint venture da Hyundai na China, enquanto Kim Gyun ficou no comando da joint venture da Kia no país.

Tan Tao-Hung foi nomeado chefe de estratégia de negócios na China para as duas empresas e ficará baseado em Seul, disse o grupo.

Os predecessores foram reatribúidos a funções consultivas, disse o grupo.

(Por Sohee Kim)