Bolsas europeias fecham em queda após dados da inflação dos EUA

quarta-feira, 19 de agosto de 2015 14:02 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os índices europeus encerraram com quedas expressivas nesta quarta-feira, estendendo a sequência recente de perdas após os dados da inflação dos Estados Unidos alimentarem as expectativas de aumento dos juros na maior economia do mundo, enquanto a cervejaria Carlsberg despencou após cortar perspectivas.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve queda de 1,88 por cento, a 1.506 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 caiu 1,88 por cento, para 3.429 pontos.

Notícias de que parlamentares alemães aprovaram o terceiro resgate à Grécia tiveram poucos efeitos positivos, com o foco nos temores de nova desaceleração da economia global com a China lutando contra a queda nas exportações e movimentos tensos dos mercados acionários.

A Carlsberg teve uma das piores performances do FTSEurofirst, caindo 9,24 por cento após cortar sua perspectiva de lucro. As ações da empresa tiveram o pior desempenho diário em quatro anos.

A Glencore atingiu sua mínima histórica após seus lucros caírem com a desvalorização dos preços dos metais e petróleo. A companhia disse que o investimento no próximo ano deve ser menor do que neste ano.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,88 por cento, a 6.403 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,14 por cento, a 10.682 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,75 por cento, a 4.884 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,77 por cento, a 22.975 pontos.   Continuação...