Bovespa recua 1,85% e fecha no menor patamar desde março de 2014

quarta-feira, 19 de agosto de 2015 17:08 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O pessimismo prevaleceu na bolsa paulista nesta quarta-feira, com o Ibovespa recuando para a mínima em 17 meses, em meio à apreensão persistente com um eventual fim do mecanismo de juros sobre capital próprio e com o anúncio de estímulos ao setor automotivo reavivando temores de ingerência do governo federal nos bancos públicos.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa fechou em queda de 1,85 por cento, a 46.571 pontos, menor nível desde 19 março de 2014. O giro financeiro totalizava aproximadamente 5,5 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)