Índices acionários asiáticos caem com temores sobre crescimento da China

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 07:43 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - Preocupações com a desaceleração do crescimento da China fizeram as ações asiáticas caírem nesta quinta-feira, enquanto a ata da reunião de julho do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, reduziu as expectativas de elevação dos juros em meados de setembro.

Às 7h42 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 1,72 por cento.

Temores sobre a desaceleração do crescimento de longo prazo da China, que carregou a economia global após a crise financeira de 2008, estão afetando os ativos de risco ao redor do mundo.

As exportações e importações combinadas da China nos primeiros sete meses de 2015 caíram 7,2 por cento ante igual período do ano passado, levando Pequim a desvalorizar o iuan na semana passada.

Embora um iuan mais fraco ajude a impulsionar as exportações chinesas, a explosão letal na semana passada perto do porto de Tianjin, um importante centro comercial, aparentemente vai atrapalhar qualquer recuperação do comércio no curto prazo.

A ata da última reunião de política monetária do Fed mostrou que as autoridades concordam amplamente que a economia dos EUA está se aproximando do ponto em que os juros devem subir. Mas também ressaltaram que a fraqueza na inflação e na economia global representam um risco grande demais para que se comprometam com o aperto monetário, levando investidores a questionar a probabilidade de aumento de juros em setembro. [nL1N10U1HR]

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,94 por cento, a 20.033 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,77 por cento, a 22.757 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSE perdeu 3,39 por cento, a 3.665 pontos.   Continuação...