Dijsselbloem, do Eurogrupo, espera que eleições gregas não atrasem reformas

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 16:12 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse nesta quinta-feira esperar que a renúncia do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e que as novas eleições não atrasem ou atrapalhem o pacote de resgate que Atenas negociou com seus credores.

"É crucial que a Grécia mantenha seus compromissos com a zona do euro", disse Dijsselbloem em um comunicado enviado por e-mail à Reuters. "Eu me lembro do amplo apoio no Parlamento grego para o novo programa e pacote de reformas e espero que as eleições gerem ainda mais apoio no novo Parlamento grego".

(Por Toby Sterling)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7727)) REUTERS FB RBS