Pão de Açúcar deverá pagar R$212,46 mi em arbritragem sobre compra da Globex

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 20:52 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar informou nesta quinta-feira que deverá pagar, com sua holding controladora Wilkes Participações, 212,46 milhões de reais à Morzan Empreendimentos, na sentença final relativa ao procedimento arbitral que teve início em 2012.

A Morzan é empresa que representava o Ponto Frio, adquirido pela varejista em 2009. O valor total será corrigido pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais juros de 12 por cento ao ano.

O Pão de Açúcar informou em 2012 que o processo envolvia a compra de 86.962.965 ações ordinárias da Globex (Ponto Frio) -equivalentes a cerca de 70 por cento da companhia de eletroeletrônicos, pela Mandala, subsidiária do Pão de Açúcar, em 8 de junho de 2009. O Grupo também não informou as motivações da Morzan para entrar com o pedido de arbitragem, acrescentando que os termos do contrato firmado em 2009 eram confidenciais.

(Por Juliana Schincariol)