Novartis compra direitos remanescentes de tratamento da GSK por até US$1 bi

sexta-feira, 21 de agosto de 2015 10:04 BRT
 

(Reuters) - A Novartis fechou acordo para compra de todos os direitos remanescentes do medicamento Ofatumumab da britânica GlaxoSmithKline por até 1 bilhão de dólares, impulsionando os tratamentos para esclerose múltipla da farmacêutica suíça.

A Novartis, sediada em Basel, já havia adquirido os direitos da Ofatumumab para indicações de oncologia, mas está atualmente sendo desenvolvida para reincidência de esclerose múltipla e outras doenças autoimunes.

"A Novartis está contente de poder reforçar ainda mais seu comprometimento com a neurociência e por acrescentar um importante novo tratamento para nosso portfólio de esclerose múltipla", disse o chefe da Novartis Pharmaceuticals em comunicado, David Epstein.

A Novartis irá pagar 300 milhões de dólares à GSK adiantados para comprar o composto e mais 200 milhões de dólares após o começo da fase III de estudo sobre esclerose múltipla pela Novartis.

Pagamentos de até 534 milhões de dólares serão feitos se as metas pré-acordadas forem alcançadas.

A Novartis também pagará royalties de até 12 por cento para a GSK por quaisquer futuras vendas líquidas da Ofatumumab para doenças autoimunes.

(Por Joshua Franklin)