Índice europeu de ações sofre pior queda diária em quase 4 anos

sexta-feira, 21 de agosto de 2015 14:18 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações marcou nesta sexta-feira seu maior declínio diário em quase quatro anos, acompanhando outros mercados globais diante de crescentes preocupações com a economia chinesa, com muitos investidores ainda cautelosos com as perspectivas de curto prazo.

O índice FTSEurofirst 300 recuou 3,4 por cento, a 1.427 pontos.

O índice recuou ao nível mais baixo desde janeiro e teve sua pior queda diária desde que caiu 3,44 por cento em novembro de 2011. A bolsa também marcou sua pior semana desde agosto de 2011.

Investidores em todo o mundo estavam alarmados com os últimos dados vindos da China. O Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) de indústria Caixin/Markit mostrou que a atividade do setor industrial da China encolheu ao ritmo mais elevado em quase 6 anos e meio em agosto, alimentando temores de desaceleração na segunda maior economia global.

A ação da Vopak figurou entre as maiores quedas, caindo 15,43 por cento, após a companhia de armazenamento de petróleo e produtos químicos diminuir sua expectativa de lucro para o segundo semestre e alertar sobre condições mais duras na Ásia.

A bolsa de Atenas perdeu 2,49 por cento após o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, renunciar ao cargo antes da provável nova eleição em setembro.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 2,83 por cento, a 6.187 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,95 por cento, a 10.124 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 3,19 por cento, a 4.630 pontos.   Continuação...