Dilma autoriza que Levy fique afastado do país até 4ª para tratar de "assuntos particulares"

segunda-feira, 24 de agosto de 2015 09:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff autorizou nesta segunda-feira que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, fique afastado do país no período de 21 a 26 de agosto de 2015 "para tratar de assuntos particulares", segundo despacho da Presidência publicado nesta segunda-feira, no Diário Oficial.

Segundo a agenda oficial do ministro, ele estará em Washington, nos Estados Unidos, e não tem compromissos oficiais. Procurada pela Reuters, a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda repetiu que a viagem de Levy é por motivos pessoais.

(Por Bruno Federowski)