Desemprego no Brasil sobe a 8,3% no 2º tri, nível recorde, diz Pnad Contínua

terça-feira, 25 de agosto de 2015 09:08 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A taxa de desemprego no Brasil atingiu 8,3 por cento no segundo trimestre deste ano, maior patamar da série histórica iniciada em 2012, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No trimestre encerrado em maio, a taxa havia ficado em 8,1 por cento e, no primeiro trimestre do ano, 7,9 por cento.

(Por Rodrigo Viga Gaier; Edição de Patrícia Duarte)