CORREÇÃO-Setor de embalagens do Brasil piora projeção de queda de produção em 2015

terça-feira, 25 de agosto de 2015 11:18 BRT
 

(Valor de R$57,5 bi se referia à projeção para o ano, não ao resultado do 1o semestre)

SÃO PAULO (Reuters) - A Associação Brasileira de Embalagem (Abre) piorou a projeção para o volume bruto de produção de embalagens no Brasil em 2015, passando a prever declínio de 3 por cento no fechado do ano, a 57,5 bilhões de reais, ante projeção anterior de queda de até 1,5 por cento.

No primeiro semestre, houve baixa de 2,59 por cento, segundo estudo da Abre em parceria com o Ibre/FGV, que não informou a produção do período. "Uma possível retomada da indústria de embalagem não deve ganhar força antes de meados de 2016", disse o economista Salomão Quadros, responsável pelo estudo.

(Por Priscila Jordão)