Boeing eleva previsão de demanda chinesa por aeronaves

terça-feira, 25 de agosto de 2015 11:25 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A Boeing elevou nesta terça-feira sua previsão para a demanda chinesa por aeronaves nos próximos 20 anos, dizendo que estava otimista sobre o panorama de longo prazo para o segundo maior mercado de aviação do mundo, apesar da desaceleração econômica e do mercado acionário fraco.

A fabricante de aeronaves dos Estados Unidos projeta que a China necessitará de 6.330 aviões nos próximos 20 anos, uma alta de 5 por cento em relação à previsão do ano passado para duas décadas. A companhia avaliou o valor da demanda em 950 bilhões de dólares.

"Apesar da volatilidade cambial no mercado financeiro chinês, nós vemos um forte crescimento no setor de aviação do país no longo prazo", disse à Reuters o vice-presidente de marketing da Boeing Commercial Airplanes, Randy Tinseth.

A companhia norte-americana estima que a frota de aviões comerciais da China quase triplicará nas próximas duas décadas, indo de 2.570 aeronaves em 2014 para 7.210 em 2034.

Nesse momento futuro, diz Tinseth, a China será o maior mercado de aviação doméstica do mundo. "Nós realmente não vemos desaceleração no mercado de transportes aqui na China", acrescentou.

(Por Fang Yan e Matthew Miller)