Ações asiáticas têm volatilidade; corte de juros na China não acalma investidores

quarta-feira, 26 de agosto de 2015 07:39 BRT
 

Por Saikat Chatterjee

HONG KONG (Reuters) - As ações asiáticas mostravam volatilidade nesta quarta-feira, com investidores temendo que as medidas de afrouxamento monetário na China não serão suficientes para estabilizar a economia enfraquecida ou dar fim ao colapso das bolsas chinesas, que tem gerado fortes turbulências nos mercados globais.

Às 7h32 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,05 por cento.

Os principais índices acionários da China chegaram a subir várias vezes durante a sessão mas foram rapidamente derrubados. O movimento refletiu a percepção entre os investidores de que é necessário que o governo forneça apoio mais agressivo.

Após uma derrocada de quase 20 por cento nos preços das ações em três dias, o banco central da China cortou as taxas de juros e de compulsório na noite de terça-feira.

Apesar do estímulo duplo ter sido inicialmente comemorado pelos mercados ao redor do mundo, o alívio não durou muito. Investidores rapidamente voltaram a se concentrar na deterioração das perspectivas para a China e o impacto disseo sobre a economia global.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 3,20 por cento, a 18.376 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,52 por cento, a 21.080 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSE perdeu 1,30 por cento, a 2.926 pontos.   Continuação...