Comissão aprova alta da CSLL a 20% para instituições financeiras até 1º de janeiro de 2019

quarta-feira, 26 de agosto de 2015 15:21 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A comissão mista no Congresso Nacional responsável pela análise prévia da medida provisória 675, que eleva a contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL) sobre instituições financeiras, concluiu nesta quarta-feira a votação da MP, estabelecendo a alíquota da CSLL em 20 por cento até 1º de janeiro de 2019, quando volta a vigorar o percentual de 15 por cento. A MP segue ao plenário da Câmara dos Deputados e depois, ao do Senado.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), relatora da proposta retirou do texto, na última hora, emenda relativa à dívida da distribuidora goiana Celg com Itaipu Binacional. Foi feito acordo para que o assunto seja tratado em outra MP, a 677, que já trata do setor elétrico.

(Reportagem de Leonardo Goy)